Oficinas

Política e representação política (C 1 – Pinheiros – São Paulo)

Temas abordados: O que significa representar? Quais as relações entre a representação teatral e a representação política? O que pode ser representado e em que condições? Como aproximar o representante do representado? Dentre as instituições que possuem o sistema de representação encontram-se os partidos políticos e as organizações/associações da sociedade civil. Qual a relação entre eles? Quais as atribuições de cada uma dessas instituições? Os deputados, as lideranças sindicais etc, deveriam representar os membros da sociedade ou vinculados a essas instituições. No entanto, não só no Brasil, mas em muitos países que adotaram a democracia representativa, é generalizada a sensação de que os representantes estão muito distantes dos representados. Esta sensação é generalizada, tanto no plano das organizações da sociedade civil quanto no plano da organização partidária e da vida política de nosso país. Surge daí a necessidade de uma reforma política urgente, no caso brasileiro,  se quisermos repensar numa aproximação dos representantes dos representados. Neste sentido, é necessário, acima de tudo, repensar o sentido da política, da ação política. Como inverter a tendência atual de falta de interesse pela política? A a atividade política deveria ser considerada a mais importante de todas para qualquer cidadão, para qualquer um que tenha decidido por viver junto com os demais membros da sociedade. Impõe-se, portanto, uma discussão inicial para a retomada do sentido original de política, por intermédio da investigação das expressões pólis (cidade), polítes (cidadão) e politika (as atividades concernentes à pólis). Impões-se também uma análise das 3 formas tradicionais de organização da cidade: a monarquia, a aristocracia e a democracia e de que maneira a atividade política se modifica nesses 3 regimes diferentes.

Oficina de 3 horas, com 50% do tempo dividido entre exposição e debate.

Local: Avenida Faria Lima, 1226, 1º andar, Estação Faria Lima do Metrô – São Paulo-SP – Contato: [email protected]

Professor: Milton Meira do Nascimento, da área de ética e filosofia política do departamento de filosofiag da USP e autor, dentre outros, de “A farsa da representação política” e de “Opinião pública e revolução”.

Data e horário:

Inscreva-se aqui